KPIsKey Performance Indicator (KPI): quais as melhores para pequenas e médias empresas?

outubro 7, 20210

As key performance indicators (KPIs) são ferramentas que ajudam a mensurar os resultados de um negócio. Quando uma empresa estabelece objetivos e atua de maneira estratégica, ela precisa saber avaliar se as ações tomadas estão guiando aos objetivos determinados.

No início de um empreendimento, é difícil saber o que deve ser medido e quais dessas KPIs devem ser acompanhados para garantir a saúde financeira e operacional. Se você quiser saber quais as principais key perfromance indicators para pequenas e médias empresas, este artigo é para você. Continue a leitura!

O que são as Key Performance Indicator (KPI)?

Também chamadas de indicadores-chave de performance, são valores e dados quantitativos que avaliam e acompanham os resultados de um empreendimento. Esses dados medem e ditam a direção correta para os principais processos de qualquer negócio.

Trata-se de métricas que acompanham as ações estratégicas e mostram, com dados reais e atualizados, se o caminho percorrido é o ideal para as metas estabelecidas. É importante ressaltar que cada ação é acompanhada por KPIs específicas. Logo, elas não são fixas, e cada estratégia deve definir os dados que serão mensurados para avaliar o andamento.

Por que é importante definir as KPIs?

Quando uma ação é desenvolvida sem o correto acompanhamento, fica muito difícil saber se os resultados obtidos são os esperados. Além disso, ao longo de uma campanha ou de uma ação empresarial, existem correções que devem ser feitas, bem como a avaliação do resultado obtido a partir de cada estratégia.

Caso contrário, como seria possível entender o que está funcionando e o que não está gerando resultados positivos para o negócio? Portanto, definir KPIs para as ações é indispensável para garantir a competitividade financeira e operacional. Afinal, elas acompanham todos os setores do empreendimento e fazem com que caminhe rumo ao sucesso.

Como exemplo, vamos tomar uma empresa que estabelece um crescimento nas vendas em 5%. Esse é um objetivo que sozinho não apresenta as ferramentas necessárias para dar certo. É preciso criar um mapa de ações passíveis de avaliação e mensuração que forneça os dados para entender o andamento do projeto e o quão próximo ele está de ser alcançado. Esse mapa seria o conjunto de KPIs para esse objetivo específico.

Quais são as principais KPIs para pequenas e médias empresas?

Como cada objetivo e ação estabelecida pela empresa deve ser acompanhada por KPIs específicas, é preciso entender com clareza o que mensurar e como determiná-las. Afinal, sem elas seria muito difícil realizar todas as medições de desempenho. Logo, para que fique mais fácil de compreender, separamos algumas das principais key performance indicators para pequenas e micro empresas. Confira a seguir!

Lucro bruto

Essa KPI é fundamental para todos os negócios, pois mostra os ganhos financeiros que uma empresa obteve menos o custo das operações (seja para produtos ou serviços). O cálculo básico para essa métrica é:

lucro bruto = receita – custo de produção.

Portanto, é preciso calcular o quanto de produto/serviço é vendido por mês e subtrair o custo de produção. Essa é uma importante key performance indicator, porque indicará se o negócio está gerando lucro, mantendo as operações ou dando prejuízo para o empreendedor.

Receita por colaborador

Muito negócios, principalmente quando as operações ainda estão em processo de implementação ou no início, ficam em dúvida sobre realizar contratações. Logo, é preciso saber se a empresa pode arcar com um colaborador e se esse investimento gerará benefícios. O indicador-chave para esse cálculo é saber o quanto de lucro um colaborador gerou para otimizar a receita do negócio.

Portanto, para realizar esse cálculo, é preciso identificar o quanto de receita a empresa gera em um período estipulado. Com esse número em mãos, basta dividir pelo número de colaboradores da seguinte maneira:

Receita no mês / número de colaboradores = receita por colaborador

Custo de Aquisição de Cliente (CAC)

Qualquer empreendimento precisa de consumidores para se manter ativo e gerar os lucros esperados. No entanto, as empresas focam em conquistar o maior número de clientes sem se preocupar com o custo gerado para essa aquisição.

Logo, é preciso entender todo o custo que um cliente gera até ser convertido, incluindo todos os processos e divulgações, e subtrair pelo número de clientes adquiridos em um período estabelecido. O cálculo é o seguinte:

CAC = Custo para a aquisição de um cliente / número de clientes conquistados.

Taxa de crescimento de receita

Essa KPI mostra a taxa de crescimento de receita do empreendimento ao longo do tempo. Caso seja positiva, significa que caminha na direção certa e que as vendas e o lucro estão aumentando. Caso contrário, indicará a necessidade de alterações nos processos do negócio. Para chegar ao resultado, é preciso calcular a receita de um mês e subtrair pela receita do mês seguinte.

Taxa de crescimento de receita = Receita de Julho – Receita de Junho / 100.

Satisfação do cliente

Apesar de não haver uma métrica específica para isso, trata-se de uma importante key performance indicator para identificar o quão satisfeitos os consumidores estão com a sua marca. Afinal, clientes que foram realmente cativados tendem a comprar mais e a indicar a empresa.

Portanto, para chegar a um resultado, o ideal é criar um formulário de avaliação. Cada cliente vai qualificar a empresa em uma escala, por exemplo de 1 a 10. Com um número satisfatório de respondentes, basta tirar uma média dos resultados da pesquisa.

As key performance indicators são fundamentais para que o empreendedor entenda sobre o andamento do negócio e se os objetivos estipulados estão sendo alcançados. Portanto, estipule quais das KPIs são mais importantes para o momento atual e interprete os resultados, fazendo as alterações e as otimizações necessárias.

Dessa maneira, fica fácil compreender como anda o lucro bruto, se existe a possibilidade de realizar novas contratações, qual o custo para a aquisição de clientes, como está o crescimento da empresa e o grau de satisfação dos clientes do negócio.

Gostou deste post? Ainda restou alguma dúvida sobre o assunto? Se sim, basta entrar em contato com a XPTA agora mesmo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

https://xpta.com.br/wp-content/uploads/2021/07/logo.white_.footer.w245x40px.png
Rua Geraldo Flausino Gomes, 42, conjunto 62, São Paulo
11 2165 6970

Follow us:

ENTRE EM CONTATO

A XPTA é uma consultoria brasileira, parceira Microsoft, especializada na implementação de soluções de gestão empresarial.

Copyright © XPTA Consultoria 2021