KPIs7 principais KPIs para startups que você precisa observar

março 29, 20210

O número de novas startups tem crescido no Brasil. Mesmo com muitos desafios, o sonho de abrir um negócio próprio e inovar o mercado faz parte da vida de muitas pessoas. Ideias inovadoras, persistência e saber contornar as dificuldades são algumas das habilidades necessárias. Contudo, um bom empreendedor sabe que é preciso conhecer e entender os principais KPIs para startups.

Mensurar como anda a saúde financeira do negócio e saber qual é a percepção que os clientes têm da marca são dados que ajudam a conhecer a situação atual do negócio e possibilita fazer previsões para correr riscos calculados.

Como fazer isso? É simples, basta conhecer os principais KPIs para startups. Vamos lá!

O que são KPIs

KPIs são indicadores-chave de desempenho (Key Performance Indicators) e indicam se os esforços feitos no empreendimento trazem resultados positivos e auxiliam a marca a alcançar os seus objetivos. Eles estão diretamente ligados aos objetivos estipulados e indicarão as mudanças e as melhorias necessárias para chegar ao lugar desejado. Afinal, ao estipular um objetivo, seja de curto ou longo prazo, é preciso entender se o caminho percorrido é o correto.

A importância dos KPIs para Startups

Assim como qualquer empreendimento, os proprietários de startups devem entender e conhecer a fundo o seu negócio. Saber se os gastos e os esforços feitos trazem resultados efetivos e satisfatórios é indispensável para garantir a saúde financeira do negócio, expandir e atrair investidores.

Uma startup precisa estipular metas e objetivos que sejam específicos, mensuráveis, alcançáveis, relevantes e temporais (SMART). Para saber se dá resultado, é preciso estipular os KPIs e mensurá-los.

Quer saber como? Conheça a seguir os principais KPIs para startups e defina os seus. Vamos lá!

As 7 principais KPIs para startups

Dentro do vasto universo dos KPIs, existem aqueles que são mais relevantes para um determinado modelo de negócio. Para as startups, existem diferentes indicadores-chave de desempenho.

Portanto, separamos 7 KPIs principais que você deve acompanhar no seu empreendimento.

1. Custo por Aquisição de Clientes (CAC)

O Custo por Aquisição de Clientes mede os gastos financeiros que uma startup tem para conquistar um novo cliente. É preciso incluir todos os gastos com as ações de marketing e vendas e dividir o total pelo número de novos clientes conquistados.

É de suma importância para um empreendimento, pois mostra se os gastos para conquistar um cliente são feitos de maneira correta e se são viáveis. Para chegar a esse resultado, basta somar todo o investimento na captação de novos clientes e dividir pelo número de clientes conquistados.

2. Perda e retorno de clientes (Churn)

Essa indicador-chave de performance mostra o número de clientes que cancelaram ou deixaram de ser ativos na sua base. Esse KPI apresenta dados importantes para a startup, pois pode mostrar falhas no serviço ofertado, falta de maturidade do empreendimento ou baixa capacidade de fidelizar clientes.

3. Ticket médio

O ticket médio indica quanto os seus clientes gastam com os seus produtos ou serviços em um determinado período. O ideal é que o ticket médio seja sempre crescente, o que indica que seus consumidores consomem cada vez mais o seu produto.

Ou seja, percebem valor na sua marca, confirmando a eficiência da sua solução ou até mesmo consumindo novos produtos/serviços ofertados. Para chegar a esse resultado, basta somar todas as vendas em um período estabelecido e dividir pelo número de clientes únicos que consumiram da sua marca.

4. Life Time Value (LTV)

Esse KPI complementa o CAC e ajuda a entender como anda a saúde financeira do seu negócio. LTV é o quanto de renda um cliente único gera para o seu negócio em um ´período de tempo previamente determinado. Logo, todos os gastos que um único cliente teve com a sua marca deve ser maior que o montante financeiro que a empresa gastou para captá-lo.

Para calcular essa métrica, é preciso fazer a somatória de toda a receita desse cliente único e dividi-la pelo custo de aquisição de clientes. Se negativa, significa que a empresa gasta mais para captar um novo cliente do que ganha com ele.

5. Net Promoter Score

O Net Promoter Score mede o grau de satisfação dos seus clientes com a sua marca. É fundamental para entender o valor agregado do seu produto ou serviço e o quão recomendável é o seu empreendimento. É feito por meio de uma pesquisa de satisfação e pode ser classificado por uma pontuação de 0 a 10.

As respostas devem ser divididas em 3 categorias, que variam de acordo com a nota avaliada de 0 a 10. Confira abaixo.

  • Promotores — avaliação de 9 a 10;
  • Neutros — avaliação de 7 a 8;
  • Detratores — avaliação de 0 a 6.

Reúna os resultados e divida pelo número de respondentes e chegará ao grau avaliado de excelência do seu negócio.

6. Taxa de conversão

Esse KPI impacta diretamente no faturamento da empresa. Ele mede a quantidade de leads que foram efetivamente convertidos em clientes. Ele avalia se os esforços feitos para converter um cliente são eficientes, ou seja, quantos clientes atraídos e interessados no seu negócio se tornaram clientes compradores.

7. Receita recorrente

Esse indicador-chave de desempenho também auxilia o empreendedor e os investidores a entenderem como anda a saúde financeira do negócio. Ele mede as receitas oriundas de clientes fixos da empresa e mostra com quantos consumidores ativos mensais a sua empresa pode contar.

Não basta conhecer os principais KPIs para startups, é preciso acompanhá-los, analisá-los e entender o que seus resultados significam. Lembre-se, eles estão diretamente relacionados com os objetivos estipulados para o negócio. Portanto, a mensuração dos indicadores-chave de desempenho deve vir acompanhada de ações para otimizá-los ou até mesmo fazer modificações na estratégia e no objetivo estipulado.

Conhecer os principais KPIs para startups deve ser visto como uma atividade frequente e fazer parte da vida do empreendedor. Eles indicam como está a saúde financeira do negócio, se os objetivos são alcançados e permite fazer projeções futuras baseadas em dados reais. Defina quais são os mais relevantes para a situação atual do seu negócio e faça o monitoramento constante.

Então, gostou das nossas dicas? Se sim, compartilhe agora este artigo e faça com que outros empreendedores tenham acesso a ele.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

https://xpta.com.br/wp-content/uploads/2021/07/logo.white_.footer.w245x40px.png
Rua Geraldo Flausino Gomes, 42, conjunto 62, São Paulo
11 2165 6970

Follow us:

ENTRE EM CONTATO

A XPTA é uma consultoria brasileira, parceira Microsoft, especializada na implementação de soluções de gestão empresarial.

Copyright © XPTA Consultoria 2021